Jeceaba

Localizado na região metropolitana de Belo Horizonte, Jeceaba é um município com aproximadamente sete mil habitantes, emancipado em 12 de dezembro de 1953. Além da tranquilidade típica do interior mineiro, oferece qualidade de vida a seus moradores. Possui extensa região de mata e de exuberante natureza, um verdadeiro convite aos admiradores de ecoturismo. Por estar situado na confluência dos riosParaopeba e Camapuã, reserva piscinas naturais, cachoeiras e mirantes com belíssimas paisagens. Por conta deste entroncamento de rios, deu-se a origem de seu nome: Yecê-aba, que possui este significado na linguagem indígena.

A natureza é algo preservado na localidade. Entre as áreas de reserva está a Serra do Gambá e o Mirante do Taquaral, conhecido como Montanha Santa, que fica a dez quilômetros do centro do município. O local abriga um cruzeiro de pedras, bastante procurado por peregrinos. Por lá, são realizadas missas. Deste ponto é possível avistar a Serra da Moeda.

A religiosidade também se faz presente no município, principalmente no que tange a arquitetura das igrejas e capelas localizadas na sede e em seus distritos e povoados. Entre as mais conhecidas está a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, que é dedicada a padroeira da cidade – Nossa Senhora da Conceição –, fundada em 1941. Outras capelas de relevante construção são a de Nossa Senhora Aparecida, em Machados e Tartária, Nossa Senhora das Dores, em Bituri, e Capela de Santa Izabel, em Caetano Lopes.

Entre as obras de arquitetura civil, destacam-se a Usina do Salto, que corresponde à Pequena Central Hidrelétrica, e a Praça Tancredo Neves, localizada no centro de Jeceaba. Com arquitetura moderna, ladeada por árvores, é o ponto de encontro dos moradores, onde as crianças brincam e casais de todas as idades se refugiam para demonstrar o seu amor. A praça funciona como ponto de referência da cidade, além de concentrar estabelecimentos comerciais e grande parte dos eventos.
A cultura nativa é marcada por diversas manifestações, bem como o tradicional grupo de seresta e a banda de música. Além disso, a Festa do Peão Boiadeiro e festas religiosas, como as dedicadas à Nossa Senhora da Conceição e ao São Sebastião, movimentam não só a cidade, mas municípios da região.

O desenvolvimento econômico de Jeceaba teve início com a construção das linhas férreas, destacando-se a Ferrovia do Aço, construída em 1975, gerando riquezas e impulsionando o progresso da região. Outro ponto que marca a cidade é o viaduto, chamado de pontilhão, tido como cartão postal. As mais de vinte localidades rurais também  favorecem a economia local com suas atividades, como fabricação de cachaça e produção leiteira.